Your address will show here +12 34 56 78
Desenvolvimento Profissional

Há diversas ferramentas disponíveis no mercado que podem melhorar muito a forma com que você gerencia a sua equipe, seja ela grande ou pequena.


Um bom gerenciamento de equipe é essencial para que todo o processo do trabalho e rotinas diárias, saiam de maneira coesa e satisfatória para que assim, alcancem os resultados esperados.


Bons líderes precisam desenvolver algumas qualidades específicas como motivar as pessoas, pensamento analítico, empatia, assertividade e uma ótica comunicação, mas, além disso, as ferramentas que o líder usa para gerenciar sua equipe, também pode fazer toda a diferença, então hoje, apresentaremos 5 plataformas no mercado ótimas para auxiliar na gestão de equipes e projetos.


Wunderlist


Wunderlist é uma ferramenta bem objetiva, ela é prática e super simples de usar. Funciona como uma lista de tarefas, que podem ser visualizados e comentados pelos integrantes da equipe. 


A plataforma está disponível tanto em sites como em aplicativos para Mac, Windows, e dispositivos IOS e Android.


Asana


Criada pelo Dustin Moskovitz (co-fundador do Facebook) e Justin Rosenstein (ex-líder de tecnologia do Facebook), a plataforma Asana ganhou notoriedade no mercado  por suas funcionalidades.


Seu principal atributo é a possibilidade de ter a interface personalizada conforme as necessidades de cada gestor, além de ser muito visual e intuitiva.


Trello


O Trello é uma das plataformas mais populares para gerenciamento de projetos, visto que tem uma interface bem simples e intuitiva, seguindo o modelo de gerenciamento Kanban. 


O software conta com cartões virtuais que podem ser arrastados pelos usuários por uma linha do tempo e complementados com informações adicionais, seu maior atrativo, com certeza, é a facilidade de uso. 


Por ter uma interface simples, o Trello é mais indicado para equipes e projetos de pequeno e médio porte. Para volumes grandes de informações, ele certamente não será tão eficaz.


Todoist


Com uma interface minimalista, o  Todoist possui amplas funções. Tem uma versão gratuita que é mais limitada, mas seus planos são de preços acessíveis para pequenos projetos. É bem similar ao Trelo, sendo um pouco mais sofisticado nas funcionalidades.


PM Canvas


O Project Model Canvas é um aplicativo brasileiro que foi criado a partir da metodologia Canvas e conta com diferentes módulos para serem utilizados de acordo com suas necessidades como modelos de projetos e negócios, gestão de atividades, métricas e controle de horas.


Com essas plataformas você com certeza vai conseguir gerir muito melhor sua equipe, agora se você quer um aplicativo para te arrumar trabalhos e serviços, conte com o Psiu! O Psiu é um app que conecta clientes a prestadores de serviços. Com ele, você moderniza sua forma de atender, facilita o pagamento para seus clientes, alcança muito mais clientes e otimiza o seu tempo! O Psiu está disponível para Android e IOS, baixe agora mesmo!

PSIU PARA IOS

PSIU PARA ANDROID

0

Desenvolvimento Profissional

Seja para estudos, rotina pessoal ou trabalho, ter uma boa memória pode fazer toda a diferença no seu desemprenho na hora de executar uma tarefa. Com a alta demanda de coisas para fazer no dia a dia, precisamos cada vez mais nos tornarmos multitarefas e isso pode exigir muito de você se não estiver preparado e organizado!


Para trabalhadores autônomos, não é diferente, a rotina desse tipo de trabalho pode se tornar extremamente caótica e cansativa se o profissional não souber administrar o seu tempo, nesse momento, a memória é uma grande aliada! Hoje apresentamos algumas técnicas de memorização para te ajudar na hora de organizar a sua agenda de trabalho e conseguir ter um bom fluxo de atividades, sem esquecer de nada.


Treine o cérebro para manter o foco


Manter a concentração é um dos pontos mais importantes e para algumas pessoas, ter foco pode ser algo muito difícil, mas tudo é questão de prática. É primordial que você treine o seu cérebro para que ele se habitue a focar em uma atividade por vez, para isso, antes de cada atividade, propomos um exercício de respiração de 5 minutos.


O exercício é, basicamente, uma técnica de respiração de ioga: concentre-se em seu ritmo respiratório e conte “um” para a inspiração e “dois” para a expiração, desconecte-se do restante de pensamentos e habitue-se a concentrar-se nesse momento, com o tempo, parar para focar em uma atividade de cada vez, virá naturalmente.


Organize seu espaço físico


Ter o ambiente ou ferramentas de trabalho organizados, ajuda na hora de executar suas atividades diárias. Crie o hábito de sempre organizar seu ambiente de trabalho e guardar as coisas no mesmo lugar, assim, quando precisar delas, saberá onde estão! Mantenha o local onde trabalha, ou guarda suas ferramentas de trabalho, sempre limpo e bem iluminado.


Elabore planilhas e fichas


Para o autônomo, é muito fácil se perder na agenda, clientes e finanças se não tiver o mínimo de organização. Crie planilhas para suas finanças onde possa consultar dados importantes sempre que precisar, além disso, faça uma ficha de seus clientes: quais suas principais características, como gostam de serem atendidos, quando faz aniversário, quando pode oferecer uma manutenção do serviço que prestou, dentre outras informações que julgar importante para oferecer um atendimento eficaz e personalizado.


Outro item indispensável é uma agenda e/ou cronograma de atividades, para que você possa visualizar em um só lugar, como está dividindo seu tempo, se há algo que possa melhorar na divisão de tarefas, entre outros.


Faça associações visuais ou engraçadas


Com uma rotina corrida, porque não experimentar focar em coisas que te chamem atenção visualmente ou que ache engraçado? Isso com certeza deixará sua rotina mais leve e te ajudará a memorizar pequenas coisas! 🙂

Tudo é uma questão de hábito! Inclua essas pequenas técnicas no seu dia a dia de trabalho e obtenha ótimos resultados!

0

Desenvolvimento Profissional

Quem trabalha como autônomo, seja vendendo algum produto ou prestando algum serviço, é interessante pensar que a relação com o cliente não deve terminar quando fechar uma venda ou serviço. Para um atendimento completo e de excelência, é necessário que você acompanhe seu cliente por todo o ciclo da venda, que vai desde o primeiro contato até o pós-venda e/ou pós-prestação de serviço.


Organize na sua agenda de atendimentos, um tempo para contactar os clientes que já foram atendidos: gostaram do produto/resultado do serviço, estão precisando de algo a mais ou uma manutenção? Seja atencioso e cordial, mas lembre de fazer isso com uma boa periodicidade, para que não se torne repetitivo e invasivo.


Além disso, há os casos de clientes que precisaram acionar a garantia, você está pronto para recebê-los? O código do consumidor define que o consumidor tem até 30 dias para reclamar de defeitos ou falhas de produtos e serviços não duráveis e até 90 dias para acionar essa garantia em caso de produtos duráveis. Então, tenha em mente que você pode passar por essa situação e terá o dever de atender esse cliente.


Apesar de ser um dever, é também uma boa prática de mercado, prestar uma boa assistência no pós-venda/prestação de serviço, afinal, você foi super atencioso com o cliente na hora de fechar o negócio, certo? Imagina quão decepcionado o cliente pode ficar se aquela mesma pessoa super prestativa que o atendeu no início, o abandonou quando ele precisou? 


É uma situação chata e pode te levar a perder um ou vários clientes, além de enfraquecer a sua imagem profissional, visto que, um cliente insatisfeito, pode replicar essa insatisfação a outras pessoas e seu prejuízo ser muito maior do que trocar um produto ou prestar uma manutenção no serviço. Pense a longo prazo!


Sabemos que essa parte pode parecer chata e pouco vantajosa, mas não se engane, prestar um serviço com qualidade e garantia é essencial para o seu sucesso profissional! Quer facilitar a sua vida e ter alguém para gerir isso para você? 


Com o aplicativo PSIU, além de você tornar-se um profissional conectado e digital, oferecendo agilidade e segurança no atendimento, ainda oferece garantia de até R$ 5.000,00 sob o serviço contratado! Você não paga nada por isso, o Psiu cuida de toda parte burocrática para que você cuide apenas do seu bom relacionamento com os clientes.


Seja digital! Cadastre-se no Psiu como prestador de serviço e conheça um mundo de vantagens!

0

Desenvolvimento Profissional

Quem é autônomo sabe que no cotidiano de trabalho, acaba desenvolvendo diversas funções para o bom funcionamento de seus serviços: faz a parte comercial e de vendas, contato com fornecedores, marketing, financeiro, atendimento, pós-venda, entre outros.


Com isso, o tempo e a organização são itens imprescindíveis no dia a dia do autônomo, e como dizem, tempo é dinheiro! Então, hoje daremos dicas de ótimos aplicativos gratuitos que te ajudarão na otimização de sua rotina para que sobre muito mais tempo para lucrar! ;D


Trello


O Trello é um aplicativo de gerenciamento de projeto com uma interface super simples e adaptável para suas necessidades. Ele trabalha, basicamente, com colunas e cartões, onde você pode gerenciar todo seu processo de compra, venda, atendimento, estoque, e o que mais imaginar, você quem decide! Além disso, você pode criar diferentes quadros em uma mesma conta, por exemplo, você pode criar um quadro para cada função do seu trabalho: quadro de finanças, de atendimento, de marketing, etc.


Lá, você tem a opção de incluir cartões com pendências e tarefas, com descrição, check-list, data de entrega, etiquetas de prioridades e muito mais! Quando for avançando no processo, basta “arrastar” os cartões de uma coluna para outra e assim, conseguir visualizar facilmente todo seu processo de trabalho.


Agenda Google


Apesar do Trello te lembrar de datas de entregas, a visualização total de tarefas do dia, é mais “difícil”, então, como um complemento a essa ferramenta, nada melhor do que uma agenda virtual! A agenda do Google é super acessível, e cumpre sua tarefa: mostrar suas tarefas do dia. Para um autônomo, é muito importante organizar uma agenda priorizando suas atividades diárias, separar o tempo de atendimento, de finanças e muitos outros.


Aplicativos de bancos


Se por acaso você ainda não se adaptou a utilizar o internet banking e app do banco, faça isso agora mesmo! Ninguém merece perder horas na fila do banco para pagar contas, fazer depósitos e resolver coisas simples. Além de que, atualmente existem muitos bancos digitais, livre de taxas, que permitem emissão de boleto para receber pagamento, o que é uma mão na roda para autônomos, sério, fila de banco não dá! rs


Canva


A gente sabe que as redes sociais são um do maiores cartões postais para nosso negócio, não é? E parece fácil gerenciar a sua e criar um bom design, mas não é bem assim. Elaborar bons designs e gerir as redes sociais, pode ocupar grande parte do seu trabalho e o Canva pode te ajudar muito com isso! 


O Canva é um aplicativo que traz diversos templates com artes já elaboradas para você personalizar a sua marca. Apesar dele ter milhares de templates já prontos, você pode alterar as cores, fontes e logos que deixaram o template do jeito que preferir.


O aplicativo ainda conta com um acervo de imagens, figuras, vídeos e músicas para usar de forma gratuita e com a versão PRO, tem ainda mais recursos disponíveis, como criar uma equipe de trabalho e planejamento de postagens. É um app muito completo e que vai te ajudar a profissionalizar suas postagens nas redes sociais, vale muito a pena conhecer!


Psiu


O Psiu é um aplicativo que conecta prestadores de serviços a clientes e, diferente de outros aplicativos com essa mesma finalidade, o prestador não paga nada para conversar com os clientes, ou seja, você terá um alcance enorme de clientes, eles vão poder tirar todas as dúvidas e fazer orçamentos sem você pagar nada por isso. A taxa de serviço do app é super justa e só é cobrada quando você, de fato, fecha e realiza um serviço pela plataforma. Porque ficar pagando pra não ter serviço confirmado, ninguém merece, né?


Conheça as vantagens de fazer parte da comunidade Psiu, baixe agora mesmo!

Baixe para ANDROID

Baixe para IOS

0

Desenvolvimento Profissional

SEO significa Search Engine Optimization (otimização para mecanismos de busca), e é um conjunto de ferramentas para otimização de sites, plataformas web e blogs. Essas otimizações visam identificar tráfegos e engajamento da página e qual retorno ela está te trazendo, de acordo com o seu objetivo.


Por ser capaz de trazer métricas muito precisas sobre a navegação de usuários, o SEO se tornou uma das principais estratégias do marketing digital e com uma boa estratégia você aumenta seu número de conversões, seja de visitas ao site, vendas e até presença na loja física.


Como implementar uma estratégia SEO?


O primeiro passo é ter conteúdos que sejam relevantes para alguém e, a partir disso, traçar um plano para definir como as pessoas acharão esse conteúdo.


Definir objetivos


Para saber onde colocar o conteúdo, os objetivos deverão ser claros: quem deseja impactar? Por quê? Em qual período? E outras perguntas que sejam relevantes para o seu objetivo de marca e SEO.


Alguns dos objetivos de SEO podem ser:


-gerar leads; 

-gerar vendas;

-aumentar a força e autoridade de marca;

-diminuir custos;

-aumentar o tráfego orgânico; entre outros.


Definir persona


A construção de uma persona significa conhecer a fundo seu público alvo. Com a construção de pernonas viabiliza que o negócio conheça a fundo seus clientes, seus hobbies, hábitos diários, facilitando descobrir a melhor estratégia para impactá-los.


Pesquise palavras-chave


Escolher corretamente as palavras-chave que utiliza, faz toda a diferença no impacto do planejamento SEO. Com o resultado dessa pesquisa é possível reestruturar a hierarquia do site, a linkagem e criar novas páginas, tudo seguindo as necessidades que a pesquisa de palavra-chave demonstrou.


Trace um plano de ação


Após executar os passos anteriores, é hora de traçar um plano de ação e fazer com que seus planos se transformem em processos. Tudo deverá estar muito bem alinhado para que a boa execução das tarefas seja possível e eficaz.


Analise as métricas e avalie os resultados


Depois de todo investimento em uma estratégia SEO, é hora de analisar os resultados. Saber ler e analisar dados é essencial neste momento, e assim, verificar se teve o resultado esperado.


Ferramentas como Google Analytics, possibilita que essa análise seja feita diariamente e permite até mesmo que você vá alterando seus objetivos durante a campanha. Desta forma, caso seja constatado que uma métrica está dando mais resultados que outra, o investimento poderá ser realocado e vice-versa.


Mas lembre-se: conheça bem os seus objetivos, nem sempre pausar ou reestruturar a campanha é a saída correta, por isso é muito importante manter o foco e conhecer suas necessidades.


Com essas informações, obtemos uma noção inicial do que é SEO e por onde começar a implementá-lo em seu negócio, mas não subestime, esse é um trabalho minucioso e que requer muito conhecimento técnico. Busque sempre um profissional que poderá te trazer os melhores resultados em suas estratégias de marketing.


Não sabe onde encontrar um profissional para isso? Nós te ajudamos! Com o aplicativo PSIU, você encontra profissionais qualificados de marketing, pode tirar todas as suas dúvidas, fazer orçamentos e contratar serviços de freelancers. 


Tudo pelo seu celular, de forma prática e segura! Você ainda pode parcelar em até 6x no cartão! Conheça o Psiu:


BAIXE PARA IOS


BAIXE PARA ANDROID

0

Desenvolvimento Profissional

Para ser um bom profissional, é necessário muito mais que técnica. No ambiente de trabalho, sempre lidamos com pessoas: sejam membros da equipe, fornecedores e até mesmo o cliente final, sempre teremos que ter habilidades de relacionamento interpessoal para um bom desempenho e é aí que entra a inteligência emocional.


Não tem como prever todas as situações difíceis que lidamos no dia a dia do trabalho, mas dá para os prepararmos dá melhor maneira possível para lidarmos com os obstáculos do cotidiano profissional. Ter a inteligência emocional desenvolvida, ajudará manter a calma, equilíbrio e capacidade de raciocínio crítico quando preciso, sem influência de impulsos emocionais.


Sendo assim, a inteligência emocional no trabalho significa que o profissional possui a capacidade de gerir e identificar suas emoções e entender o seu impacto no ambiente de trabalho e objetivos a serem atingidos.


Veja quatro passos iniciais que você precisa para desenvolver sua inteligência emocional no trabalho:


Conheça seus pontos de estresse


O auto conhecimento é primordial para você saber as coisas e/ou situações que podem te estressar, procure listar situações e coisas que te desagradam no ambiente de trabalho: reuniões longas, falta de colaboração, pontualidade, qualquer coisa que te estresse.


Quando você tem consciência das coisas que te fazem mal, fica mais fácil de dominá-las e impedir que elas te tirem do seu eixo central


Supere essas adversidades buscando solucioná-las da melhor maneira e não as ignorando.


Aprenda a se expressar adequadamente


Uma comunicação clara e persuasiva, irá te auxiliar a alcançar seus objetivos no trabalho. É importante que saiba se expressar adequadamente, conforme o que cada situação pede: se é na hora de vender uma ideia, produto ou projeto, você deve demonstrar domínio e segurança do que está falando, já se for uma reunião para resolver algum problema, você deve evitar ser reativo e não considerar o que as outras pessoas estão falando, e assim por diante, cada situação exigirá uma postura adequada, atente-se para isso.


Seja empático e tenha uma escuta ativa


Ao trabalhar com outras pessoas, ser empático é uma habilidade que te fará ouvir com atenção o que o outro tem a dizer sem pré julgamentos ou conclusões, antes de pensar nos procedimentos pré estabelecidos na empresa ou atendimento, escute ativamente o que o outro tem a dizer e veja se já possui uma solução para aquilo ou se é preciso personalizar uma solução de acordo com o que foi informado.


Saiba receber críticas


É difícil quando nos esforçamos para fazer algo e depois sermos criticados. Nessas horas, deixe a emoção de lado e entenda que críticas fazem parte do processo, recebê-las de mente aberta, fará com que você reavalie algumas atitudes e técnicas e possa melhorá-las


Talvez a crítica não faça sentido para você naquele momento, mas ouça com atenção, certamente você processará a informação melhor depois e poderá agir e pensar  em uma melhoria.


Para desenvolver sua Inteligência Emocional, é necessário comprometimento e disciplina, não é um processo que se dá rapidamente, você a desenvolverá dia a dia, construindo-a ao longo do tempo. Não desista, os resultados serão extremamente gratificantes!

Para ser um bom profissional, é necessário muito mais que técnica. No ambiente de trabalho, sempre lidamos com pessoas: sejam membros da equipe, fornecedores e até mesmo o cliente final, sempre teremos que ter habilidades de relacionamento interpessoal para um bom desempenho e é aí que entra a inteligência emocional.

 

Não tem como prever todas as situações difíceis que lidamos no dia a dia do trabalho, mas dá para os prepararmos dá melhor maneira possível para lidarmos com os obstáculos do cotidiano profissional. Ter a inteligência emocional desenvolvida, ajudará manter a calma, equilíbrio e capacidade de raciocínio crítico quando preciso, sem influência de impulsos emocionais.

 

Sendo assim, a inteligência emocional no trabalho significa que o profissional possui a capacidade de gerir e identificar suas emoções e entender o seu impacto no ambiente de trabalho e objetivos a serem atingidos.

 

Veja quatro passos iniciais que você precisa para desenvolver sua inteligência emocional no trabalho:

 

Conheça seus pontos de estresse

 

O auto conhecimento é primordial para você saber as coisas e/ou situações que podem te estressar, procure listar situações e coisas que te desagradam no ambiente de trabalho: reuniões longas, falta de colaboração, pontualidade, qualquer coisa que te estresse.

 

Quando você tem consciência das coisas que te fazem mal, fica mais fácil de dominá-las e impedir que elas te tirem do seu eixo central

 

Supere essas adversidades buscando solucioná-las da melhor maneira e não as ignorando.

 

Aprenda a se expressar adequadamente

 

Uma comunicação clara e persuasiva, irá te auxiliar a alcançar seus objetivos no trabalho. É importante que saiba se expressar adequadamente, conforme o que cada situação pede: se é na hora de vender uma ideia, produto ou projeto, você deve demonstrar domínio e segurança do que está falando, já se for uma reunião para resolver algum problema, você deve evitar ser reativo e não considerar o que as outras pessoas estão falando, e assim por diante, cada situação exigirá uma postura adequada, atente-se para isso.

 

Seja empático e tenha uma escuta ativa

 

Ao trabalhar com outras pessoas, ser empático é uma habilidade que te fará ouvir com atenção o que o outro tem a dizer sem pré julgamentos ou conclusões, antes de pensar nos procedimentos pré estabelecidos na empresa ou atendimento, escute ativamente o que o outro tem a dizer e veja se já possui uma solução para aquilo ou se é preciso personalizar uma solução de acordo com o que foi informado.

 

Saiba receber críticas

 

É difícil quando nos esforçamos para fazer algo e depois sermos criticados. Nessas horas, deixe a emoção de lado e entenda que críticas fazem parte do processo, recebê-las de mente aberta, fará com que você reavalie algumas atitudes e técnicas e possa melhorá-las

 

Talvez a crítica não faça sentido para você naquele momento, mas ouça com atenção, certamente você processará a informação melhor depois e poderá agir e pensar  em uma melhoria.

 

Para desenvolver sua Inteligência Emocional, é necessário comprometimento e disciplina, não é um processo que se dá rapidamente, você a desenvolverá dia a dia, construindo-a ao longo do tempo. Não desista, os resultados serão extremamente gratificantes!

0

Desenvolvimento Profissional

LinkedIn é uma rede social de negócios, focada em gerar conexões e relacionamentos profissionais, o que chamamos de networking.


Com um bom networking, você consegue expandir sua rede de contatos profissionais, trocar experiências, informações e criar oportunidades! Neste contexto, o LinkedIn se torna a plataforma ideal para você fazer ser marketing profissional e se destacar em sua carreira.


Apesar de ter sido lançado em 2003, nos últimos anos o LinkedIn tem ganhado ainda mais força, visto que a urgência na presença digital atrelada a importância que o marketing demonstra a cada dia, fizeram com que mais pessoas olhassem para o LinkedIn como uma maneira de fortalecer sua imagem profissional.


Entretanto, apenas criar um perfil na plataforma não é o suficiente e existem algumas mecânicas para ter uma boa página e assim, ganhar destaque entre os profissionais.


Preencher todas as suas informações, é primordial para causar uma boa impressão a quem visita seu perfil. Veja a seguir algumas dicas para completar o perfil no LinkedIn:


  • Foto e Capa

Escolha uma foto para o seu perfil com uma boa qualidade e lembre-se que é uma rede profissional, escolha fotos em que as pessoas possam de reconhecer com facilidade e evite muitos filtros, óculos escuros e chapéus.


Já na foto de capa, escolha uma imagem que tenha a ver com sua área de atuação, pode ter uma frase de apresentação (curta) ou até mesmo ser uma capa personalizada com a logo da sua atual empresa.


  • Sobre

Elabore um texto de apresentação profissional. Utilize esse espaço para falar sobre suas principais competências e experiências. Seja claro e objetivo, descreva sua vivência no mercado de trabalho, mas também fale sobre suas qualidades interpessoais, dessa maneira, o visitante da sua página, terá uma boa ideia de seu perfil profissional.


  • Experiências

Utilize esta área para colocar toda a sua trajetória profissional. Uma dica importante aqui, é preencher não só com as informações de nome da empresa, cargo e data de início e término, mas também fazer uma descrição das suas principais funções e habilidades. Detalhe com o máximo de informações que enriqueça a sua experiência e ajude as pessoas te conhecerem melhor profissionalmente.


  • Competências

O LinkedIn tem um espaço onde você coloca todas as suas competências como tópicos, por exemplo, se você trabalha com marketing, colocará todas as ferramentas e competências que possui na área: experiência do cliente, Photoshop, Illustrator, gestão de equipe e por aí vai. As pessoas que já trabalharam com você, poderão te indicar nessas competências e a pontuação aparecerá no seu perfil.


  • Recomendações

Nesta área, estará as recomendações de profissionais que já trabalharam ou estiveram envolvidos em um mesmo projeto, como colegas de classe e outros. As recomendações são ma espécie de “carta de recomendação” das empresas e valoriza bastante o seu perfil, pois mostra que as pessoas que trabalham com você te valorizam! Você pode também recomendar outras pessoas e isso é uma ótima maneira de conseguir recomendações para o seu perfil. Outra maneira de conseguir recomendações é solicitá-las! Não se envergonhe de enviar mensagens solicitando que seus colegas de equipe deixe uma recomendação no LinkedIn, essa é uma prática muito comum.


  • Interesses

Procure seguir marcas e pessoas que estejam alinhados com os seus ideais e metas de vida, empresas e pessoas que são referência no mercado de trabalho. Os perfis que acompanha ficarão expostos ao final de seu perfil e também é uma maneira de se apresentar às pessoas.


  • Seja ativo no Linkedin

O LinkedIn é uma rede social, então interaja nos posts da plataforma com a mesma frequência que interage com o Instagram, Facebook e outras mídias sociais. Fazer postagens, curtir, comentar e compartilhas assuntos interessantes, faz parte da sua presença e força de imagem na plataforma, então invista uns minutinhos diários para conferir o que está rolando por lá!


Além dessas dicas, você pode enriquecer sua experiência no LinkedIn recorrendo a todas as ferramentas que eles disponibilizam: fique de olho no LinkedIn Learning, nas lives e eventos que as empresas fazem, no mural de vagas de grandes empresas para ver o que elas buscam em um profissional e como você poderia se desenvolver para isso, entre outros. Mesmo que seja autônomo e não queira ser contratado por uma empresa, é sempre bom saber quais as habilidades que o mercado de trabalho busca e assim, estar alinhado com o momento atual.

0

Desenvolvimento Profissional

A internet se tornou um dos principais meios de comunicação, nela, milhões de pessoas, criam laços sociais, profissionais e recebem informações o tempo todo.


Com isso, tornou-se também uma poderosa vitrine para empresas e profissionais divulgarem seus produtos e serviços, fazendo com que a internet seja uma ferramenta crucial para estratégias de posicionamento de marca.


É necessário salientar que, se antigamente você considerava seu concorrente direto, apenas as empresas do mesmo segmento que o seu, hoje é preciso considerar que você está disputando atenção com tudo que está na internet: notícias, vídeos de bichinhos, influenciadores digitais e claro, outras empresas e prestadores de serviço, todos são seus concorrentes diretos.


Há alguns passos básicos que todos que pretendem se posicionar profissionalmente no mundo online, deve se atentar:


Foco no público alvo


A internet traz o benefício de podermos criar campanhas nichadas de acordo com o perfil de cliente que desejamos atingir. Para isso, é primordial que você saiba qual é seu público-alvo e como pode chamar sua atenção.


Crie um funil de vendas online


Com o funil de vendas, você poderá acompanhar todo o seu processo comercial e definir estratégias para a otimização do objetivo a ser alcançado. Seja ele, mais vendas, mais clientes, mais seguidores e assim por diante. Atente-se para focar em um objetivo por vez.



Aposte no marketing de conteúdo e anúncios pagos


Para você ganhar presença online, ter um conteúdo relevante que demonstre a sua autonomia no assunto e credibilidade, fará com que gere leads e possivelmente, converta em vendas.


Há também os anúncios pagos, que trarão resultados significativos, com baixo custo de investimento, além da possibilidade de readequação dos valores de acordo com as necessidades do momento.


Otimização SEO


Criar títulos atraentes, uso de tópicos e subtópicos em sua redação para a quebra de leitura e aumento de permanência na página, uso de palavras-chave e otimização e redirecionamento de URLs, ajudarão a marca a se fortalecer na internet.


Seguindo esses passos, você ganhará cada vez mais força profissional no ambiente online e abrir portas para conquistar cada vez mais clientes e consequentemente, lucro!

0

Desenvolvimento Profissional

A taxa de desemprego no Brasil chegou a 13,5% em 2020, é a maior desde o início da série histórica, em 2012. Em um senário de pandemia, muitos trabalhadores se viram desamparados e tiveram que reinventar a forma de ganhar dinheiro, com isso, o número de trabalhadores autônomos está em constante crescimento e para se manter como seu próprio chefe e organizar sua vida financeira, é preciso ter alguns cuidados.


É muito importante que o trabalhador autônomo tenha a venda de seus produtos ou serviços legalizados, desta forma, o profissional evita que tenha seus produtos confiscados por autoridades ou então, impedido de prestar seus serviços. Estar nessa condição, pode trazer constante preocupação e o risco constante de ter um prejuízo orçamentário.


Essa preocupação, não vale apena, pois no final, o trabalhador autônomo estará sempre com algum impedimento em focar no que realmente importa: o crescimento profissional. Veja a seguir com ser um autônomo legalizado.


Antes de tudo, você sabe o que faz de alguém um trabalhador autônomo?


O trabalhador autônomo é o profissional que não possui vínculo empregatício, pode ser pessoa física ou jurídica e pode prestar serviços para ambos também. O autônomo responde legalmente pelo próprio trabalho, não precisa ter uma formação técnica específica e deve pagar alguns tributos.


Para legalizar seu trabalho como autônomo,  o profissional deverá efetuar o CCM – Cadastro de Contribuintes Mobiliários, para isso, basta procurar Secretaria de Finanças. Após isso, deverá se cadastrar também como contribuinte individual no INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), o que pode ser feito pelo site da instituição.


Com isso, o trabalhador autônomo passará a recolher o INSS regulamente, a taxa é de 20% sobre os rendimentos, com limitação do teto da previdência. Além disso, ao formalizar sua condição trabalhista junto ao CCM, o profissional terá algumas tributações:


  • Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL);
  • Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins);
  • Imposto de Renda (IR);
  • Imposto sobre Serviços (ISS);
  • Instituto Nacional do Seguro Social (INSS);
  • Programa Integração Social (PIS).

Pode parecer muita coisa, mas lembre-se essa tributação trará formalidade e paz profissional, além de estar em dia com a Receita Federal. O trabalhador autônomo legalizado, tem melhores oportunidades de alavancar seu negócio e futuramente, tornar-se MEI e assim por diante. 

0

Desenvolvimento Profissional

O MEI (Microempreendedor Individual) foi criado em 2008 com a lei complementar n° 128 e visa formalizar o trabalho de autônomos e pequenos empresários. A partir de então, milhares de trabalhadores saíram da informalidade e garantiram alguns direitos trabalhistas, como aposentadoria, auxílio-doença, salário-maternidade, pensão por morte, entre outros.


Em meio à maior crise de desemprego que o Brasil enfrenta desde 2012 – atualmente são 14 milhões de desempregados – trabalhos autônomos tornam-se uma das principais saídas dos trabalhadores e em 2020 os MEIs já somam mais de 10 milhões de pessoas, segundo o Portal do Empreendedor.


Apesar do crescimento deste número, sabemos que ainda há muitos trabalhadores autônomos que não se cadastraram como MEI e continuam na informalidade. Essa situação é complicada não só para o negócio, mas, como já dito, pela falta de garantia de direitos trabalhistas. Você é um trabalhador autônomo, que saber como funciona MEI e como se cadastrar? Vem com a gente que te ajudamos nessa!


A inscrição do MEI é realizada diretamente no Portal do Empreendedor de forma eletrônica e gratuita, por meio de um processo simplificado e desburocratizado. Para isso será necessário:


– Cadastro no Portal de Serviços do Governo Federal, no endereço gov.br


– Dados pessoais: RG, título de eleitor ou declaração de Imposto de Renda, dados de contato e endereço residencial.


– Dados do negócio: tipo de atividade econômica realizada, forma de atuação e local onde o negócio será realizado.


Para ser MEI, é necessário faturar no máximo até R$ 81.000,00 por ano, e exerça, de forma independente, as ocupações que constam do Anexo XIII da Resolução CGSN 140/2018; possua um único estabelecimento; não participe de outra empresa como titular, sócio ou administrador e não contrate mais de um empregado.


Ao se cadastrar como MEI, o empresário é enquadrado no Simples Nacional, com tributação simplificada e fica isento dos tributos federais. Com a inscrição, o MEI terá direito a Cidadania Empresarial como CNPJ, emissão de Nota Fiscal e crédito para Pessoa Jurídica. Também terá direito a Inclusão Previdenciária e benefícios como aposentadoria, auxílio-doença e licença-maternidade.


O cadastro é bem rápido, simples e pode ser feito online, pelo Portal do Empreendedor. Hoje em dia, o MEI ainda conta com um aplicativo facilitador para emissão da DAS para pagamento, consulta ao CNPJ, situação mensal dos dados tributários, entre outros.


Gostou de saber mais sobre MEI? Depois conta pra gente como foi seu processo de cadastramento e caso tenha ficado com alguma dúvida, dá um Psiu! Vamos adorar te ajudar a adquirir a formalidade do seu trabalho autônomo. <3

0