Your address will show here +12 34 56 78
Desenvolvimento Profissional

Para ser um bom profissional, é necessário muito mais que técnica. No ambiente de trabalho, sempre lidamos com pessoas: sejam membros da equipe, fornecedores e até mesmo o cliente final, sempre teremos que ter habilidades de relacionamento interpessoal para um bom desempenho e é aí que entra a inteligência emocional.


Não tem como prever todas as situações difíceis que lidamos no dia a dia do trabalho, mas dá para os prepararmos dá melhor maneira possível para lidarmos com os obstáculos do cotidiano profissional. Ter a inteligência emocional desenvolvida, ajudará manter a calma, equilíbrio e capacidade de raciocínio crítico quando preciso, sem influência de impulsos emocionais.


Sendo assim, a inteligência emocional no trabalho significa que o profissional possui a capacidade de gerir e identificar suas emoções e entender o seu impacto no ambiente de trabalho e objetivos a serem atingidos.


Veja quatro passos iniciais que você precisa para desenvolver sua inteligência emocional no trabalho:


Conheça seus pontos de estresse


O auto conhecimento é primordial para você saber as coisas e/ou situações que podem te estressar, procure listar situações e coisas que te desagradam no ambiente de trabalho: reuniões longas, falta de colaboração, pontualidade, qualquer coisa que te estresse.


Quando você tem consciência das coisas que te fazem mal, fica mais fácil de dominá-las e impedir que elas te tirem do seu eixo central


Supere essas adversidades buscando solucioná-las da melhor maneira e não as ignorando.


Aprenda a se expressar adequadamente


Uma comunicação clara e persuasiva, irá te auxiliar a alcançar seus objetivos no trabalho. É importante que saiba se expressar adequadamente, conforme o que cada situação pede: se é na hora de vender uma ideia, produto ou projeto, você deve demonstrar domínio e segurança do que está falando, já se for uma reunião para resolver algum problema, você deve evitar ser reativo e não considerar o que as outras pessoas estão falando, e assim por diante, cada situação exigirá uma postura adequada, atente-se para isso.


Seja empático e tenha uma escuta ativa


Ao trabalhar com outras pessoas, ser empático é uma habilidade que te fará ouvir com atenção o que o outro tem a dizer sem pré julgamentos ou conclusões, antes de pensar nos procedimentos pré estabelecidos na empresa ou atendimento, escute ativamente o que o outro tem a dizer e veja se já possui uma solução para aquilo ou se é preciso personalizar uma solução de acordo com o que foi informado.


Saiba receber críticas


É difícil quando nos esforçamos para fazer algo e depois sermos criticados. Nessas horas, deixe a emoção de lado e entenda que críticas fazem parte do processo, recebê-las de mente aberta, fará com que você reavalie algumas atitudes e técnicas e possa melhorá-las


Talvez a crítica não faça sentido para você naquele momento, mas ouça com atenção, certamente você processará a informação melhor depois e poderá agir e pensar  em uma melhoria.


Para desenvolver sua Inteligência Emocional, é necessário comprometimento e disciplina, não é um processo que se dá rapidamente, você a desenvolverá dia a dia, construindo-a ao longo do tempo. Não desista, os resultados serão extremamente gratificantes!

Para ser um bom profissional, é necessário muito mais que técnica. No ambiente de trabalho, sempre lidamos com pessoas: sejam membros da equipe, fornecedores e até mesmo o cliente final, sempre teremos que ter habilidades de relacionamento interpessoal para um bom desempenho e é aí que entra a inteligência emocional.

 

Não tem como prever todas as situações difíceis que lidamos no dia a dia do trabalho, mas dá para os prepararmos dá melhor maneira possível para lidarmos com os obstáculos do cotidiano profissional. Ter a inteligência emocional desenvolvida, ajudará manter a calma, equilíbrio e capacidade de raciocínio crítico quando preciso, sem influência de impulsos emocionais.

 

Sendo assim, a inteligência emocional no trabalho significa que o profissional possui a capacidade de gerir e identificar suas emoções e entender o seu impacto no ambiente de trabalho e objetivos a serem atingidos.

 

Veja quatro passos iniciais que você precisa para desenvolver sua inteligência emocional no trabalho:

 

Conheça seus pontos de estresse

 

O auto conhecimento é primordial para você saber as coisas e/ou situações que podem te estressar, procure listar situações e coisas que te desagradam no ambiente de trabalho: reuniões longas, falta de colaboração, pontualidade, qualquer coisa que te estresse.

 

Quando você tem consciência das coisas que te fazem mal, fica mais fácil de dominá-las e impedir que elas te tirem do seu eixo central

 

Supere essas adversidades buscando solucioná-las da melhor maneira e não as ignorando.

 

Aprenda a se expressar adequadamente

 

Uma comunicação clara e persuasiva, irá te auxiliar a alcançar seus objetivos no trabalho. É importante que saiba se expressar adequadamente, conforme o que cada situação pede: se é na hora de vender uma ideia, produto ou projeto, você deve demonstrar domínio e segurança do que está falando, já se for uma reunião para resolver algum problema, você deve evitar ser reativo e não considerar o que as outras pessoas estão falando, e assim por diante, cada situação exigirá uma postura adequada, atente-se para isso.

 

Seja empático e tenha uma escuta ativa

 

Ao trabalhar com outras pessoas, ser empático é uma habilidade que te fará ouvir com atenção o que o outro tem a dizer sem pré julgamentos ou conclusões, antes de pensar nos procedimentos pré estabelecidos na empresa ou atendimento, escute ativamente o que o outro tem a dizer e veja se já possui uma solução para aquilo ou se é preciso personalizar uma solução de acordo com o que foi informado.

 

Saiba receber críticas

 

É difícil quando nos esforçamos para fazer algo e depois sermos criticados. Nessas horas, deixe a emoção de lado e entenda que críticas fazem parte do processo, recebê-las de mente aberta, fará com que você reavalie algumas atitudes e técnicas e possa melhorá-las

 

Talvez a crítica não faça sentido para você naquele momento, mas ouça com atenção, certamente você processará a informação melhor depois e poderá agir e pensar  em uma melhoria.

 

Para desenvolver sua Inteligência Emocional, é necessário comprometimento e disciplina, não é um processo que se dá rapidamente, você a desenvolverá dia a dia, construindo-a ao longo do tempo. Não desista, os resultados serão extremamente gratificantes!

0

Para você
Aplicativo “Psiu” oferece agilidade na busca pelo serviço e praticidade no pagamento; plataforma é gratuita e está disponível na App Store ou Play Store

Com a aproximação das provas do Exame Nacional do Ensino Médio, o auxílio de professores particulares se torna ainda mais importante, principalmente em tempos de pandemia, onde as aulas presenciais estão suspensas por tempo indeterminado. Pensando nisso, o “Psiu”, plataforma gratuita que reúne usuários em busca dos mais diversos serviços, conta com professores particulares no portfólio de mais de 150 especialidades. Lançado em janeiro, o aplicativo tem a missão de auxiliar neste processo de busca dos estudantes por docentes capacitados que estão próximos e também facilitar o pagamento. As aulas podem ser agendadas de forma rápida em apenas alguns cliques.

Para Luara Ribeiro, estudante do terceiro ano do ensino médio, a pandemia tem dificultado os estudos para o Enem, além de aumentar a ansiedade e o estresse. “Estar sempre dentro de casa e não em um ambiente apropriado para os estudos, como a escola, faz com que as distrações sejam mais frequentes”, contou. “Eu tenho sentido muita falta da dinâmica da escola e cursinho. Por mais que hoje em dia exista a possibilidade de assistir aulas por plataformas digitais, como o YouTube, acho muito importante que o professor tenha contato com os seus alunos”, argumentou.

É neste sentido que o Psiu busca facilitar o dia a dia dos estudantes. Por meio da plataforma, o aluno poderá solicitar um professor que atenda a sua necessidade, notificando os profissionais disponíveis para o dia e horário. Em seguida, haverá a comunicação entre prestador e contratante para alinhar os detalhes. “Com o auxílio do professor, o processo de aprendizagem se torna mais fácil, pois ele vai estar orientando o aluno em suas dúvidas particulares, como também entendendo suas dificuldades e ajustando seu modo de trabalhar o conteúdo para que esses problemas sejam resolvidos”, comentou Luara.

Reforço escolar – Para os alunos do ensino fundamental, as aulas de acompanhamento são importantes no processo de aprendizagem, principalmente neste período de aulas virtuais. Com um ensino mais didático e especifico, as dúvidas das crianças poderão ser esclarecidas com mais facilidade e evitará queda no rendimento estudantil. Desta forma, o Psiu conta com diversos profissionais cadastrados que passam por curadoria e treinamento. “Toda a seleção é realizada com muita cautela para garantir a segurança dos clientes ao contratar um serviço. Desta forma, todos os profissionais são verificados antes de serem ativos na plataforma”, explica Nelson Petrucci, CEO do aplicativo.

Como acessar – Só baixar o aplicativo na App Store ou Play Store e realizar o cadastro. O usuário poderá escolher o serviço e terá a opção de agendar o dia e horário. Em caso de urgência, o profissional mais próximo ao local é automaticamente acionado. O contato é feito diretamente pelo chat e, em poucos cliques, é possível finalizar a contratação. Após a realização do trabalho, o pagamento só é confirmado depois da avaliação do cliente.

Há facilidades de pagamento em espécie por meio do Psiu Cash – créditos comprados antecipadamente – e no cartão de crédito, sendo possível parcelar em até 6x. O atendimento contratado e pago conta com uma garantia de até R$5.000 – uma iniciativa para garantir que todos os serviços realizados pelo Psiu sigam um padrão de qualidade.

Texto produzido por Vivass Comunicação.
0